Apoiadores:

Apoiadores:
Apoiadores: Hidromel Old Pony

terça-feira, 29 de março de 2016

Agora é Oficial: O Torneio Medieval Anno Domini é um evento reconhecido pela HMBIA

Saudações, nobres medievalistas!

Se você participa dos eventos medievais no Brasil, talvez já tenha percebido a relevância da notícia. Além de ser um passo importante para os praticantes de HMB no Brasil, é uma evidência de como o medievalismo tem crescido e ainda vai crescer mais por aqui.



Sobre o HMB

O HMB (Historial Medieval Battle, ou Combate Histórico Medieval) é um esporte de contato no qual são usadas armas e armaduras da Idade Média, especialmente adaptadas para a competição (sem corte, obviamente). E assim como qualquer outro esporte, o HMB possui suas regras, clubes e competições.


Por definição, as armas e armaduras devem ser de estilos históricos situados entre 1200 e 1699, podendo ser de qualquer local. Ou seja, o HMB é um esporte para medievalistas, mas especialmente para os apreciadores da Baixa Idade Média (séculos XI a XV).

Internacionalmente, o HMB como esporte é regulado pela HMBIA – Historical Medieval Battle International Association, ou Associação Internacional de Combate Histórico Medieval. Atualmente existem diversas competições de HMB pelo mundo, mas a mais conhecida é o Battle of the Nations, que acontece anualmente na Europa.

O Torneio Medieval Anno Domini

Em julho de 2015 aconteceu em Lavras Novas (MG) o Torneio Medieval Anno Domini 1415, que foi nomeadamente a primeira competição de HMB do Brasil. Naquela época o evento ainda não era uma competição oficial de HMB, mas serviu para inaugurar a interação entre os praticantes de HMB no Brasil, além de ser um forte veículo de divulgação dessa modalidade esportiva.

Luta acontecida durante a edição de 2015 do Torneio Medieval Anno Domini
Neste ano acontecerá a segunda edição do Anno Domini, mas com uma mudança crucial: haverá presença de um árbitro oficial registrado na HMBIA, que é o principal requisito para que a competição seja considerada como oficial.

Mas o que muda?

A principal mudança é que, com a presença de um árbitro oficial e o consequente reconhecimento da HMBIA, o Anno Domini passa a constar na lista de eventos internacionais (http://botn.info/en-events), de modo que qualquer atleta do mundo pode vir participar e suas vitórias contarão pontos para o ranking internacinal (http://rating.hmbia.com/).


Ou seja, além dos grupos brasileiros de HMB, existe uma boa possibilidade de que atletas de outros países venham participar, principalmente da Argentina, que é nosso vizinho e já tem uma tradição de HMB mais antiga que a nossa.

Além disso, o Anno Domini poderá no futuro ser uma das seletivas para a formação de um time brasileiro que possa ir competir no Battle of the Nations.

Atualmente, há pelo menos sete grupos que praticam HMB no Brasil, e que provavelmente enviarão representantes para competir no Anno Domini: Lâminas das Gerais (Belo Horizonte, MG), Liga Medieval Guarda das Carrancas (Rio de Janeiro, RJ), Sacra (Brasília, DF), SCAM (Florianópolis, SC), Lobos de Guerra (São Paulo, SP), Schola Militum (São Paulo, SP) e Amigos da Montanha (Campinas, SP).

Pode parecer algo exótico e isolado, mas está crescendo e tem cada vez mais adeptos no Brasil. E como dissemos, a inclusão do Torneio Medieval Anno Domini no circuito internacional de HMB representa um importante passo para o medievalismo no país.


O Torneio Medieval Anno Domini deste ano acontecerá no segundo final de semana de Agosto, dias 13 e 14/08 (confiram nosso Calendário), dessa vez na cidade mineira da Nova Lima. Assim como no ano passado, além da competição de HMB, o torneio terá também competições de HEMA (Historical European Martial Arts) e de arquearia. Assim que as atrações e valores forem divulgados, faremos um post especial sobre o evento aqui no Cena Medieval.

Até lá!

___________________________________________________________________

Veja também nossos artigos anteriores sobre o Torneio Medieval Anno Domini:


Veja os Resultados da primeira edição do Torneio Medieval Anno Domini 1415 (2015)

Um comentário:

Deixe o seu comentário sobre este artigo