Apoiadores:

Apoiadores:
Apoiadores: Hidromel Old Pony

domingo, 26 de junho de 2016

Paradiso Bar e Cucina – Um bar em formato de castelo medieval no meio de São Paulo

Salve, amigos!

Na capital paulista, quem passa pela esquina da Rua do Paraíso com a Rua Apeninos não consegue deixar de notar algo que se destaca na paisagem urbana moderna: um castelo medieval.


Trata-se do Paradiso Bar e Cucina, e nós do Cena Medieval não poderíamos deixar de conhecer e contar um pouco sobre a experiência.


A menos de 300 metros da Estação de Metrô Paraíso, ergue-se de esquina uma construção imponente e chamativa, que poderia facilmente estar num romance de cavalaria, mas está no meio da cidade, quase deslocada em meio a placas urbanas, postes, fiação elétrica e os carros passando na rua. Mas esse deslocamento em relação ao resto da paisagem é o que constitui seu charme.



Na entrada, já somos recebidos por uma armadura medieval completa. A decoração interna é moderna, mas com um clima rústico, com mesas de madeira e paredes de pedra.





A casa foi inaugurada em junho de 1988 e hoje é administrada por Adriano Robba e Piero Robba, pai e filho.

Adriano (advogado), desde a infância sempre foi apaixonado por castelos, e tem uma novelesca história de família, em que quase herdou um castelo medieval na Itália. Não conformado, decidiu que teria o seu próprio castelo, de um jeito ou de outro.

Ele conta que, no início, foi muito criticado por amigos e até pelo arquiteto, que inicialmente fora contratado para a obra mas que não quis continuar no projeto ou vincular o próprio nome. Persistente, Adriano tocou por conta própria, buscando inspiração na imagem de castelos portugueses, como a Torre de Belém (Lisboa), o Palácio de Pena (Sintra) e o Castelo de Almourol (Santarém).

A construção da estrutura de castelo foi concluída em junho de 1996, e foi objeto de reportagem do extinto Jornal da Tarde, contando um pouco dessa história:


Adriano conta ainda que, anos depois, chegou a ser procurado pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) para tombar o edifício, pois havia se tornado ponto turístico da cidade. Ele declinou, contudo, pois o tombamento limitaria a possibilidade de reformas futuras.

Durante 23 anos, o Paradiso funcionou como restaurante e pizzaria, até que em 2010 foi feita uma nova reforma para que o local recebesse a configuração que tem hoje. A pizzaria continuou funcionando no andar de baixo, mas apenas para entregas delivery. Nos dois andares de cima, passou a funcionar um restaurante por quilo durante o dia e um bar à noite.


Para o pessoal de São Paulo que faz parte do meio medieval, recomendo dar uma passada por lá, nem que seja apenas para admirar o castelo. As opções do cardápio hoje são todas modernas, mas com o crescimento do público adepto do medievalismo, quem sabe eles não considerem num futuro próximo incluir alguns pratos típicos medievais? ;)

O que pedimos


Visitamos o Paradiso à noite, período em que ele funciona como bar. Há diversas opções interessantes no cardápio (incluindo, obviamente, as pizzas que são assadas no andar de baixo), mas decidimos experimentar os hambúrgueres da casa (sim, somos medievalistas, mas temos uma queda por essa maravilha do mundo moderno que é um hambúrguer bem feito).

Como entrada, por sugestão da casa, pedimos uma especiaria que é exclusividade deles:


Coxinhas da Chef (6 unidades - R$ 26,90)

“Uma coxinha diferente, com muito recheio.”

São bem diferentes das coxinhas tradicionais, pois levam queijo cremoso no recheio e são empanadas e fritas sem a tradicional massa de batata. Uma delícia de pedida!


Cheddar Burger (R$ 31,90)

“Hamburguer de 200 gramas, cebolas caramelizadas, bacon e cheddar. Acompanha batata frita rústica e maionese artesanal.”


Blue Cheese Burger (R$ 32,90)

“Hambúrguer de 200 gramas, gorgonzola, cebola caramelizada e rúcula. Acompanha batata frita rústica e maionese artesanal.”

Os hambúrgueres estavam fantásticos, aptos a competir com os de algumas das melhores hamburguerias da cidade.

Com efeito, Piero nos contou durante a nossa visita que, por ser um apreciador, ele teve uma especial atenção ao incluir os hambúrgueres no cardápio. A carne é peito bovino Waygiu, uma raça japonesa que tem uma carne bem marmorizada (o marmoreio é a quantidade de gordura entremeada nas fibras da carne). E o resultado ficou excelente, recomendamos muito.

A casa dispõe de uma respeitável carta de cervejas com cerca de cinquenta títulos. Para acompanhar a refeição, escolhemos a Baden Baden Red Ale (R$ 26,00) – 600 ml. Harmonizou tão bem que acabamos pedindo uma segunda garrafa.

O gasto total foi de R$ 79,03 por pessoa, incluindo entrada, lanches, cervejas e serviço.

Num futuro próximo, passaremos lá de novo para conhecer também o buffet do almoço.

Outras informações


Endereço: Rua Apeninos, 747, Paraíso, São Paulo, SP (cerca de 300 metros de caminhada do Metrô Paraíso)

Horários de Funcionamento:

De Segunda à Sexta – Buffet almoço por quilo, das 11h30 às 15h00;

Sábados e Domingos – Almoço à la carte, das 11h30 às 15h00;

Happy Hour e Jantar à la carte – todos os dias a partir das 16:30 hs.

Site:



Fotos por Renata Saito

Já esteve no Paradiso? Comente aqui o que achou da casa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre este artigo