Apoiadores:

Apoiadores:
Apoiadores: Hidromel Old Pony

terça-feira, 4 de agosto de 2015

Sobre os resultados do Torneio Medieval Anno Domini 1415


Hail, amigos e amantes de medievalismo!


Como eu já havia comentado por aqui, o final de semana dos dias 25 e 26 de Julho viu acontecerem pelo menos dois eventos importantes para a cena medieval brasileira: a Oenach na Tailtiu, festa celta do Rio de Janeiro, e o Torneio Medieval Anno Domini 1415, que teve sua primeira edição este ano em Minas Gerais. Como (ainda) não aprimorei meu teleporte, infelizmente pude comparecer apenas a um deles, a Oenach, sobre a qual já postei uma resenha.

Mas eu não poderia deixar de falar um pouco do Torneio Medieval, e sobre as impressões que me foram passadas por amigos que compareceram.

Como eu já havia falado por aqui, quando fiz um post apresentando o evento, o Torneio Medieval Anno Domini 1415 teve por proposta ser a primeira competição de HEMA e HMB em nível nacional no Brasil, além da competição de arquearia.

Os comentários gerais são de que o evento foi ótimo. Tanto os convidados quando os competidores, que vieram de vários estados, puderam aproveitar o clima de torneio e as atrações da feira, tudo mesclado à famosa receptividade mineira. No segundo dia, até o clima colaborou e o sol deu lugar a uma propícia neblina.
Flavio Lopes e Luciana Pena, organizadores do evento - Foto por Jéssica Nonato
Os resultados das competições foram os seguintes:

Colocação HEMA
(competição mista)

1º Rodrigo Alvarez Esteves (APEA – Ars Proeliaris – São Paulo/SP)
2º Filipe De Zanatta Santos (APEA – Ars Proeliaris – São Paulo/SP)
3º Daniel Turano (Casa Vieira Turaine – Rio de Janeiro/RJ)

Colocação HMB
(competição masculina)

1º Rodrigo Alvarez Esteves (APEA – Ars Proeliaris – São Paulo/SP)
2º Mauro Vieira (Casa Vieira Turaine – Rio de Janeiro/RJ)
3º  Flávio Lopes (Lâminas das Gerais – Divisão HMB/HEMA – Belo Horizonte/MG)

No caso do HMB, não houve competição feminina, mas sim demonstrações de luta, com as seguintes representantes:

Juliana Mattos Do Amaral (Liga Medieval Guarda das Carrancas – Rio de Janeiro/RJ)
Tereza Niederauer (Scherma Brasilia – Esgrima Medieval – DF)
Luciana Pena (Lâminas das Gerais – Divisão HMB/HEMA – Belo Horizonte/MG)

Colocação Arquearia
(competição mista)

1º Lauro Oliveira Santana (Liga Medieval Guarda das Carrancas – Rio de Janeiro/RJ)
2º Renata Barros (Batalha Cênica Salvador – Salvador/BA)
3º Juliana Mattos (Liga Medieval Guarda das Carrancas – Rio de Janeiro/RJ)

Há vários vídeos das competições nas páginas do evento e dos grupos participantes no face, mas o meu favorito é este aqui, feito por uma GoPro fixada ao elmo do Rodrigo Esteves na final da competição de HMB (créditos ao Antonio Henning, da Moonwood – Arcos e Espadas):



Por sinal, Rodrigo Esteves (APEA – Ars Proeliaris – São Paulo/SP) foi o campeão tanto da HEMA quanto do HMB.



Seguem mais fotos das competições e do evento, com os devidos créditos às fotógrafas:

Foto por Jéssica Nonato
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Letícia G. Forster
 
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Letícia G. Forster
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Foto por Jéssica Nonato
Enfim, apenas lamento não poder ter participado do evento, fato que remediarei no ano que vem. Aos organizadores, parabéns pela iniciativa e pelo sucesso. Que vire uma tradição e ajude a fortalecer cada vez mais a cena medieval brasileira.


Um abraço e até a próxima!

10 comentários:

  1. Lindo evento. Inesquecível. Aprendi muito com todos os presentes.

    ResponderExcluir
  2. Daniel não perdeu nenhuma luta, e ficou em terceiro. Justo?

    ResponderExcluir
  3. Nome disso é "Hema BR"

    ResponderExcluir
  4. A competição de HEMA foi mista, as atletas não fizeram demonstrações, lutaram como qualquer outro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela correção, Juliana! Artigo devidamente editado.

      Excluir
  5. Sobre a colocação do Daniel eu posso esclarecer. Como não foi possível realizar as lutas de HEMA no segundo dia, haviam no momento da classificação final três lutadores que ainda estavam invictos. Destes três, o Daniel era o único que chegou a perder um round. Os outros dois haviam ganho todas a lutas por 2x0. O Daniel, infelizmente para ele e felizmente para o Mauro, perdeu um round para este, terminando essa luta com 2x1, o que na pontuação final colocou-o abaixo dos outros dois na classificação.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito! Pena q moro muito longe pra ir

    ResponderExcluir
  7. Excelente trabalho Cena Medieval. Vcs estão fazendo a diferença na cobertura e divulgação dos eventos no Brasil. Em 2016 o Torneio Medieval ANNO DOMINI acontecerá em Minas Gerais, mas o local será informado em breve. Com certeza, muito próximo a BH.
    Quero lembrar a todos que para participar do torneio de HMB ou HEMA o participante precisa estar devidamente equipado, seguir as regras internacionais de segurança e equipamentos, mas não precisa ser filiado a nenhuma entidade. Ate porquê, este formato atual no pais de umas entidades, vai contra o movimento de estudo de esgrima que ocorre no mundo todo!

    Aguardo todos vcs em 2016!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas palavras, Luciana!
      E parabéns a vocês também pela iniciativa do Torneio Medieval Anno Domini, pioneiro em termos de competições medievais no Brasil. Em 2016 o Cena Medieval certamente estará por aí cobrindo (e curtindo!) o evento.

      Excluir
  8. Anno Domini 1415 foi um evento memorável e tive o prazer de comparecer. Esse ano acredito que não terei a mesma sorte, mas não vou deixar de comparecer ao menos a um evento medieval durante 2016. Vou continuar acompanhando o Cena Medieval em busca de informações sobre próximos eventos!

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário sobre este artigo