Apoiadores:

Apoiadores:
Apoiadores: Hidromel Old Pony

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Knightfall: a tal série medieval que estreia agora em dezembro!

Há alguns dias, perdendo um tempinho no facebook, acabei me deparando com um trailer de temática medieval envolvendo templários e, obviamente, me interessei de imediato. Pensei que fosse algum filme, mas logo vi que se travava de uma série que deve estrear agora no final do ano.


O nome Knightfall sem dúvida já chama atenção: forte, épico. Pode ser traduzido como Queda do Cavaleiro, mas vamos ter que ver pelo contexto se é isso mesmo. Querendo saber mais sobre a série, fui dar uma olhada no que se trata, e é o seguinte:

A série deve estrear em 06 de dezembro deste ano, e terá 10 episódios semanais.

Canal: History

O History Chanel é mais conhecido recentemente pela superprodução Vikings. Eles obviamente tem diversas outras séries relacionadas a conteúdo histórico (embora a historicidade propriamente dita não seja um forte deles, como muito se critica por aí). Knighfall então será a segunda série do canal a abordar algum recorte do período medieval.



Produtores e Criadores: Um grupo diferente

Da lista de pessoas envolvidas na produção, quem chama mais atenção é Jeremy Renner, que é mais conhecido por ser o Gavião Arqueiro do Universo Cinematográfico da Marvel. No entanto, ele está creditado “apenas” como Produtor Executivo, o que provavelmente quer dizer que ele não está envolvido na criação da série propriamente dita, mas sim na parte financeira.

Jeremy Renner
Outro dos produtores executivos listados é Dominic Minghella, que foi um dos criadores da série Robin Hood, lançada pela BBC em 2006. Ele deverá ser o showrunner da série, ou seja, terá mais responsabilidade sobre a qualidade da produção (apenas a título de comparação, em Game of Thrones os grandes responsáveis pela série são os showrunners David Benioff e D. B. Weiss, que tem uma autoridade sobre a produção muito maior do que os diretores de cada episódio).

Dominic Minghella
E os criadores creditados da série são Don Handfield e Richard Rayner, nomes sobre os quais não sei nada. Eles aparentemente assinam o roteiro de alguns episódios, e por serem os criadores, devem ter também alguma responsabilidade sobre a parte criativa da produção, assim como Michael Hirst, o criador de Vikings, é creditado por como a série se desenvolve.

Atores: Ninguém lá muito conhecido

Pelo menos não que eu lembre de outra produção grande. Alguns são creditados por papeis menores em algumas outras séries ou filmes, mas nenhum que eu saberia se não tivesse consultado as fichas no IMDB. E pelo menos em um aspecto isso é ótimo: a produção fica mais barata, e com menos chance de ser cancelada por baixa audiência.

O ator principal é Tom Cullen, que interpretará o templário Sir Landry, um veterano das Cruzadas decepcionado com os fracassos de sua ordem e revigorado pela possibilidade de encontrar o Santo Graal.

Tom Cullen como Sir Landry

Enfim

Vai ser bom? Sei lá. Essa foi uma olhada bem por cima. O trailer é bacana, mas é bom não criar muita expectativa, especialmente pelas decepções que a série Vikings trouxe (sim, embora divertida, a série peca em muitos aspectos, especialmente históricos, mas isso é assunto pra outro post).


O que me deixa mais curioso é pra saber se os templários serão retratados como heróis, vilões ou algum meio termo no enredo da série. Se houve um tempinho, comentaremos a série por aqui enquanto ela rola, assim como fiz com as resenhas de Game of Thrones.

Se você ainda não viu, veja aqui o último trailer, publicado agora em setembro:


E se você sabe de alguma informação/curiosidade relevante sobre a série, deixe aqui nos comentários!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre este artigo