Apoiadores:

Apoiadores:
Apoiadores: Hidromel Old Pony

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Os melhores eventos do meio medieval brasileiro em 2016

Salve, medievalistas!


Como nossos leitores sabem, um dos principais objetivos do Cena Medieval é abordar os diversos eventos que acontecem no meio, e o número de eventos tem crescido a cada ano. Infelizmente, não conseguimos estar em todos, mas procuramos conhecer o máximo possível, e mesmo quando não conseguimos comparecer em algum evento, procuramos conversar com pessoas que estiveram presentes para saber como foi.

2016 foi um ano que viu surgirem alguns novos eventos, assim como a continuação de outros já tradicionais. Houve ressurgimento de alguns que haviam passado por hiatos e, infelizmente, houve também eventos que foram cancelados (a crise aparentemente chegou até no meio medieval).

Talvez você tenha acompanhado, durante esse mês de janeiro, nossas postagens no Instagram com montagens de fotos de diversos eventos (se você ainda não viu, comece a seguir o @cenamedieval no insta!). Ou talvez você tenha visto a retrospectiva que publicamos aqui no blog, com com imagens da maioria desses eventos (se você ainda não viu, veja aqui!)

E esse ano decidimos eleger nossos eventos favoritos em algumas categorias: Melhor Organização, Melhor Comida e Maior Imersão.

Melhor Organização: Jantar Medieval Taberna Folk


Organizar eventos não é brincadeira. Há uma infinidade de detalhes para serem pensados e planejados, e embora o evento para os convidados na maioria das vezes dure apenas uma noite ou um dia, para os organizadores ele dura muitos e muitos meses de trabalho, perda de sono e de cabelos.

Toda essa carga de trabalho e organização é proporcional à quantidade de pessoas que se espera no evento. Que dizer então de uma festa que é o maior evento medieval do país em número de pessoas e ainda assim consegue manter uma organização com excelência? É por isso que o nosso escolhido na categoria de Melhor Organização é o Jantar Medieval do Taberna Folk:




O Taberna Folk é um grupo de música folk europeia (veja aqui nosso artigo completo sobre eles), e o seu Jantar Medieval, que hoje é esse grande sucesso, surgiu em 2009 como uma festa pequena e despretensiosa, mas desde então não parou de crescer.

Ou seja, boa dose desse sucesso no evento hoje se deve à experiência. Em 2016 o Jantar do Taberna teve a sua oitava edição, com cerca de 1400 pessoas presentes, entre convidados, expositores e organizadores. Além da comida e bebida em grande fartura, o evento contou com diversas atrações musicais, apresentações de luta, competições de cerveja, estande de arquearia e, é claro, uma grande feira medieval.

Veja aqui a resenha do VIII Jantar Medieval Taberna Folk!

Melhor Comida: Banquete Medieval Schola Militum


A qualidade da comida dos eventos medievais, em geral, é bem alta, especialmente quando a alimentação já está incluída no valor do ingresso (que é o caso de vários eventos paulistas). Contudo, proporcionar uma refeição historicamente medieval pode acabar sendo complicado para os organizadores pois, pra começar, muitos dos elementos mais comuns em nossa mesa hoje em dia não existiam na Europa medieval (como a batata, o milho e o tomate, por exemplo). Outra dificuldade são as receitas e métodos de preparo dos pratos medievais, que demandam uma boa dose de pesquisa e conhecimento histórico.

Há um evento, contudo, em que a organização não mede esforços em proporcionar uma refeição o mais fiel possível ao modelo histórico: o Banquete Medieval Schola Militum.




O Schola Militum é um grupo de HEMA (Historical European Martial Arts) e HMB (Historical Medieval Battles), que em comemoração ao seu aniversário tem organizado, nos últimos dois anos, um banquete medieval. A edição de 2016 foi a terceira realização do banquete, em comemoração ao segundo ano de existência do grupo.

Tarcísio Lakatos, o cabeça do Schola Militum e cozinheiro do banquete, tem uma grande preocupação em proporcionar uma experiência gastronômica autenticamente medieval, com direito a vários courses (pratos) e até uma cerveja preparada com técnicas medievais especialmente para o evento!

Veja aqui a resenha do III Banquete Medieval Schola Militum (e também da feira e torneio de soft combat que aconteceram no mesmo dia)!

Maior Imersão: Oenach na Tailtiu


Finalmente, um dos objetivos para irmos em eventos medievais é realizarmos um pedacinho da fantasia que envolve nossas visões romanceadas de tempos antigos. Cada evento procura proporcionar isso a seus convidados de alguma forma. E o evento que leva essa proposta mais a sério é a Oenach na Tailtiu.




Diga-se, logo de começo, que a Oenach não é exatamente um evento medieval (como explicamos em nossa resenha da edição de 2016 – veja aqui). Essa explicação acaba sempre sendo necessária pois, a princípio, a temática do blog é o medievalismo, mas acabamos falando de outros temas que são apreciados pelo mesmo público, como cultura e música folk, paganismo, hidromel (que, como explicamos, não é uma bebida especificamente medieval), etc.

Mas o público da Oenach é basicamente o mesmo público que frequenta os eventos medievais. Nessa última edição, por exemplo, havia membros de pelo menos quatro grupos de recriacionismo viking no evento, dois do Rio e dois de São Paulo. Historicamente falando, os vikings são um elemento bem anacrônico num evento que pretende reviver uma tradição celta pré-cristã, mas o objetivo do evento é congregar, e não segregar.

E essa união toda acontece num grande acampamento com direito a muita comida, bebida, oficinas e fogueiras à noite, com todos os presentes caracterizados (é obrigatório!): enfim, uma grande imersão em tempos antigos.

Veja aqui a resenha da Oenach na Tailtiu 2016!

Conclusão


Dessa vez foram apenas três categorias, mas esperamos no ano que vem poder falar de mais aspectos, à medida que os novos eventos surgirem e começarem a inovar nas propostas. 2016 foi um bom ano para os medievalistas e 2017 provavelmente será melhor ainda.

E você, esteve nesses eventos? Concorda com nossas escolhas? Deixe sua opinião nos comentários!

E nos vemos nos próximos eventos!

Veja também aqui no Cena Medieval:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário sobre este artigo